Das curvas do Mundo

– Desculpem as verdades, mas não vivo sem um compasso à mão! – dizia o homem que mal via as retas do mundo… Era uma frase solta, dita fora de contexto, mas representava aquilo que seus olhos viam: eram verdades escritas.. Inspirava-se na arquitetura do mundo, que via retas apenas em suas fraturas…

Repousava sobre si mesmo e refletia sobre uma frase de Niemeyer:

“O que me atrai é a curva livre e sensual. A curva que no encontro sinuoso dos nossos rios, nas nuvens do céu, no corpo da mulher preferida. De curva é feito todo o universo. O universo curvo de Einstein”

Sentia, às vezes, inveja da suavidade do traço do velho homem, bem como das forças das palavras ditas ao longo dos anos, como epígrafes de um trabalho não apenas sobre concreto armado, vidro e suor… Sentia-se amargo, muitas vezes, por ter desistido da Arquitetura por conta da “necessidade” de engenheiros na família… É aquela visão da família da periferia, que vê o engenheiro, o advogado e o médico como salvação de carreira…
Mas era diferente: via curvas e entendia a matemática como representação numérica delas, muitas vezes. Tecia enredos em aço entrelaçado, em telas, telhas, lajes e colunas…

Via curvas, e nunca as compreendeu…
Eram todas matemática, dizia para si mesmo…
– Eram, talvez…
Ouviu, à noite, subitamente… Sentiu um arrepio correr a espinha…
– Toda curva é explicada com inúmeras retas… Disse, novamente, a si mesmo…

“Se a reta é o caminho mais curto entre dois pontos, a curva é o que faz o concreto buscar o infinito.”

Caiu a lágrima, e não mais se conteve…

“A vida é um sopro”

Anúncios

Um comentário sobre “Das curvas do Mundo

Gostou? Comente!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s